74ª Volta a Portugal em bicicleta

Teste à força da LA-Antarte antes da subida à Torre

Teste à força da LA-Antarte antes da subida à Torre

 

Redação AO/LUSA   Outras modalidades   23 de Ago de 2012, 10:59

Depois do descanso, os 131 ciclistas que ainda resistem na 74.ª edição da Volta a Portugal em bicicleta enfrentam hoje, na sétima etapa, mais um dia decisivo para determinar do vencedor final.

Com praticamente dois terços da Volta deixados para trás, chegam os momentos das grandes decisões: Gouveia assinala a partida de 7.ª etapa, uma "quebra-pernas" de 185,3 quilómetros, com uma escalada nas íngremes e empedradas ruas da Guarda no percurso que termina no Sabugal.

É o prenúncio da entrada na Serra da Estrela, o teste à fibra do camisola amarela, Hugo Sabido, e às capacidades dos seus mais diretos concorrentes, em especial o espanhol David Blanco, quatro vezes vencedor da Volta, que segue em quinto lugar, a 51 segundos.

Espera-se um dia agitado para a LA-Antarte, a equipa do líder, que tem sido fortemente atacada pela Efapel-Glassdrive, de Blanco, Rui Sousa (4.º), Sérgio Ribeiro (3.º) e companhia, e pela Carmim-Prio, de Ricardo Mestre (16.º), o "campeão" em título com a difícil tarefa de recuperar o atraso de 1.47 minutos.

Além da passagem na Guarda (km 47,6), a etapa tem outra contagem de montanha de terceria categoria em Sortelha (km 134,3) e termina no Sabugal, com uma reta de 800 metros ligeiramente inclinada.

Com metas volantes em Celorico da Beira (km 21,5), no Sabugal (km 146,3), antes da primeira pela linha de chegada, e no Soito (km 169,5), a tirada começa às 12:45 e termina cerca das 17:30.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.