Terminou a greve no sector dos combustíveis em França


 

Lusa/AO online   Economia   29 de Out de 2010, 18:25

A greve no sector dos combustíveis francês terminou esta sexta-feira com a votação nas doze refinarias do país pelo fim da mobilização contra o novo regime de reformas.
O regresso progressivo à normalidade no abastecimento de combustível em todo o país está também aberto pelo fim da greve portuária em dois dos principais pontos de tratamento petrolífero, no Havre e em Marselha.

Os dois grandes portos franceses estavam bloqueados há 33 dias pelo protesto dos sindicatos contra a reforma portuária proposta pelo Governo. A direcção do porto de Marselha anunciou hoje que os 24 petroleiros que aguardam ao largo vão poder finalmente descarregar a sua carga.

Os trabalhadores do sector dos combustíveis lideraram nas últimas semanas o movimento de contestação social ao projecto de reformas e a votação pelo fim da greve acontece no dia seguinte à sétima jornada nacional de protesto, com manifestações em todo o país que não atingiram os níveis de mobilização anteriores.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.