EUA

Suspeito do atentado falhado do voo 253 coopera com as autoridades


 

Lusa / AO online   Internacional   3 de Fev de 2010, 09:54

O nigeriano acusado de ter tentado fazer explodir um avião comercial entre Amesterdão e Detroit, a 25 de Dezembro, forneceu aos investigadores informações válidas e continua a ser interrogado, declarou terça-feira o director da polícia federal (FBI), Robert Mueller
Questionado pela comissão de serviços secretos do Senado para saber se Umar Farouk Abdulmutallab forneceu informações exploráveis, Mueller respondeu: “Sim”.

Depois perguntaram-lhe se o jovem nigeriano continua a ser interrogado e Mueller respondeu igualmente: “Sim”.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.