Sócrates garante "boa-fé negocial" com enfermeiros


 

Lusa / AO online   Nacional   29 de Jan de 2010, 10:47

O primeiro-ministro garantiu que o Governo está disponível para negociar com os enfermeiros, que esta sexta-feira cumprem o terceiro dia de greve, e acusou o PCP de colocar o interesse de uma classe à frente do interesse nacional.
Durante o debate quinzenal na Assembleia da República, o líder do PCP, Jerónimo de Sousa, apelou a José Sócrates para que ouça os protestos dos enfermeiros e saia da postura “arrogante e distante”, que disse ser usual no primeiro-ministro.

Sócrates garantiu que o Governo está a aguardar pelo fim dos protestos dos enfermeiros para regressar “rapidamente à mesa negocial”, apelando ao bom-senso da classe, e criticou que “haja partidos sempre disponíveis para aproveitar todas as lutas corporativas”.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.