PSD

Sócrates acusa Rangel de radicalismo


 

Lusa / AO online   Nacional   11 de Fev de 2010, 10:57

José Sócrates acusou esta quinta-feira, em Bruxelas, o eurodeputado do PSD Paulo Rangel de "fazer carreira política com base no radicalismo", o que na sua opinião significa "uma doença muito infantil da política".
"Eu percebo muito bem que fazer essa declaração em Estrasburgo era o primeiro passo de uma candidatura interna", disse o primeiro-ministro pouco antes do início de uma reunião dos chefes de Estado e de Governo da União Europeia.

Paulo Rangel, que quarta-feira anunciou a sua candidatura à liderança do PSD, afirmou segunda feira, em Estrasburgo, que há "um plano do Governo para controlar" os meios de comunicação social pondo em causa "a liberdade de expressão".

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.