Justiça

Sistema português de justiça não está bem


 

Lusa / AO online   Nacional   29 de Jun de 2010, 12:22

O Procurador-Geral da República, Fernando Pinto Monteiro, afirmou esta terça-feira que a Justiça portuguesa “não está bem”, mas contrapôs que não encontra na Europa sistemas melhores.
"A Justiça não está bem, mas não está tão mal como isso. Se corrermos a Europa, não encontramos Justiça melhor do que a portuguesa”, disse Pinto Monteiro na Maia, onde assinou um protocolo de colaboração entre a Procuradoria-Geral da República e o Instituto Superior da cidade, no âmbito de um curso de criminologia.

Para Pinto Monteiro, o que se passa é que os portugueses têm mais dificuldade em encarar os seus próprios problemas: “Não encontro povo que lide pior com ele próprio. É uma espécie de destino do fado, uma espécie de autodestruição”, afirmou, considerando que esta atitude se estende a todas as áreas, da Justiça à Educação e à Saúde.

“Nada presta, está tudo mal, tirando o futebol. E mesmo isso vamos ver hoje”, acrescentou, numa alusão ao jogo desta tarde do Mundial 2010 entre Portugal e Espanha.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.