Sistema europeu de navegação vai lançar dois satélites adicionais em maio


 

Lusa/AO online   Internacional   25 de Fev de 2016, 11:33

O sistema de navegação por satélite da União Europeia (UE), conhecido como Galileo, vai lançar no próximo mês de maio dois satélites adicionais, de forma a agilizar os seus serviços, anunciou o consórcio aeroespacial Arianespace.

 

Os dois satélites serão colocados em órbita pela mesma nave, um foguete Soyuz, que vai descolar do Centro Espacial Europeu de Kuru, na Guiana Francesa.

Com estes dispositivos adicionais, o sistema, que foi desenvolvido em parceria com a Agência Espacial Europeia (ESA) para competir com o sistema de navegação por satélite norte-americano GPS (Global Positioning System), lançará este ano um total de seis satélites, os mesmo que em 2015.

No total, o sistema Galileo terá no final deste ano 18 dispositivos, dos 30 necessários para completar o sistema de navegação.

A Europa trabalha há várias décadas no Galileo, o primeiro serviço europeu de navegação por satélite de uso civil e não controlado pelas forças armadas, como o seu concorrente norte-americano GPS.

Após várias derrapagens orçamentais e atrasos, os primeiros satélites do sistema Galileo entraram em órbita em outubro de 2011. É esperado que o sistema ofereça um serviço completo em 2020.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.