Risco de entrada do Ébola na Europa através de carne de caça importada é baixo


 

Lusa/AO online   Internacional   4 de Nov de 2014, 14:32

A Agência Europeia de Segurança Alimentar (AESA) considerou que o risco de entrada e transmissão do vírus Ébola na Europa através da importação da carne de caça africana é baixo, mas teria "graves consequências" sanitárias.

 

Os especialistas da AESA analisaram a questão a pedido da Comissão Europeia, embora o consumo na Europa de carne de animais selvagens africanos, nomeadamente macacos e antílopes, seja “pouco significativo”.

A importação daquela carne – conhecida por abrigar o vírus Ébola em África – é ilegal na Europa, recordou a AESA.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.