Revista de imprensa nacional


 

Lusa/AO Online   Nacional   31 de Jul de 2010, 07:26

O caso Freeport e falta de inquirição ao primeiro ministro, a morte do ator António Feio e o futuro de Carlos Queiroz à frente da seleção nacional são temas em destaque comuns aos principais jornais generalistas.

“Cândida Almeida não achou relevante ouvir Sócrates no Freeport”, diz em manchete o Diário de Notícias, adiantando que só cartas rogatórias podem reabrir o processo.

No mesmo jornal, uma fotografia do presidente da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) ilustra o segundo tema em destaque na capa, acompanhada com o título: “FPF quer ouvir Carlos Queiroz.

O Correio da Manhã escolhe para manchete “Sócrates protegido no Freeport”, escrevendo que a procuradora Cândida Almeida ficou indignada quando os investigadores ingleses mostraram interesse em investigar o primeiro ministro no âmbito do licenciamento do ‘outlet’ em Alcochete.

A morte António Feio surge na primeira página do Correio da Manhã, que relata que o ator faleceu no dia de anos da filha.

No Jornal de Notícias, uma fotografia do ator que co-protagonizou “Conversa da Treta” enche a zona central da primeira página, com uma legenda onde se lê: Até sempre, António Feio.

Como notícia de manchete o jornal titula: “Portugal fica sem aviões para vigiar os incêndios”.

No Público, o destaque vaia para as contas das empresas do setor público em 2009: “prejuízos diminuíram mas dotações de capital mais do que duplicaram, com um acréscimo de 752,9 milhões de euros”.

O jornal noticia ainda na capa que o arquiteto Carrilho da Graça venceu o concurso internacional para o novo terminal de cruzeiros de Lisboa, uma obra que custará 25,5 milhões de euros.

No semanário Expresso o destaque é uma entrevista à ministra da Educação Isabel Alçada, em que a governante revela querer acabar com os chumbos.

"Ministra diz que reprovar não serve para ajudar os alunos. Defende mais apoios e vai lançar um debate alargado para mudar regras de avaliação", escreve o semanário.

No “i”, a principal notícia é sobre o caso Freeport: “Vem aí mais pressão sobre Sócrates e não é do Ministério Público”, escreve o jornal, adiantando que o advogado de quatro assistentes no processo diz que fará “uma acusação diferente”.

Uma nova lei aprovada na Madeira que impede os médicos de receitarem medicamentos pela marca, substituindo-a pelo princípio ativo, é outro dos temas em destaque.

O Diário Económico escolhe para manchete o número de casas vendidas no ano passado, que atingiu “um mínimo histórico”.

Nos desportivos, a contratação de Zapater pelo Sporting e a vitória por 4-1 do Benfica sobre o Feyenoord são alguns dos temas principais.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.