Região prevê investir 1,87ME na recuperação de igrejas em 2015


 

Lusa/AO online   Regional   29 de Out de 2014, 17:11

O Governo dos Açores prevê investir no próximo ano cerca de 1,87 milhões de euros na recuperação de património religioso disperso pelas ilhas Terceira, Faial, Pico e São Jorge, adianta o portal da Diocese de Angra.

A anteproposta de Plano de Investimento do executivo regional para 2015 reserva 845 mil euros para executar o protocolo com a Diocese de Angra destinado a apoiar a reconstrução das igrejas e estruturas pastorais das ilhas do Faial e Pico, afetadas pelo sismo de 9 de julho de 1998.

O documento prevê também o investimento de 543.720 euros para a reabilitação na estrutura da cobertura e do património da igreja das Manadas, na ilha de São Jorge, e outro investimento de 470.700 euros para a recuperação da igreja dos Jesuítas de Angra do Heroísmo.

Além destas verbas, estão reservados cerca de 15 mil euros com vista ao início do processo de inventariação dos bens móveis da Diocese, cujo protocolo com o Governo dos Açores foi assinado em abril.

De acordo com o Portal da Diocese de Angra o projeto de inventário dos bens culturais - bens móveis, integrados e arquivos - arranca com a aquisição de equipamentos informáticos e um plano de formação ao nível das diferentes ouvidorias.

A anteproposta de Plano para 2015, com um orçamento total de 731 milhões de euros, será entregue na Assembleia Legislativa dos Açores em novembro.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.