Região de Turismo cria serviço de massagens para aliviar tensões dos funcionários


 

Lusa / Ao online   Economia   15 de Dez de 2007, 10:44

A Região de Turismo do Algarve (RTA) criou um serviço de massagens dirigido especialmente aos funcionários que, por quatro euros, podem revigorar energias e desta forma trabalhar melhor.
    "Não é propriamente a filosofia da alegria no trabalho, mas é do bem estar", explicou à Lusa o presidente da Região de Turismo do Algarve (RTA), António Pina, salientando que "as pessoas descontraem 10 minutos na cadeira do massagista e voltam a trabalhar mais e melhor".

    António Pina adiantou que após a primeira sessão na cadeira de massagens que obriga a adoptar uma postura correcta e com o sucesso da adesão dos trabalhadores - aderiram à experiência piloto 30 entre 55 funcionários - o serviço de massagens é mesmo para continuar para o próximo ano.

    O serviço de "chair massage" (cadeira de massagem) surgiu de uma auto-proposta de Fernando Ferreira, 33 anos, de Olhão, terapeuta, osteopata e com curso de massagem tirado em países tão distintos como Islândia, Espanha, EUA, Noruega ou Inglaterra, que ofereceu os seus serviços à RTA a um preço promocional.

    A RTA autorizou a primeira experiência e o resultado positivo leva agora António Pina a apadrinhar o novo serviço da RTA que não implica custos para o organismo.

    A massagem de dez minutos é feita em cima de uma cadeira de nove quilos que se retrai e se transporta numa mala própria e que obriga os massajados a adoptarem uma postura correcta.

    "A cadeira ergonómica onde a pessoa se senta em posição frontal obriga a ficar numa postura correcta e com técnicas específicas retiramos a tensão muscular das pessoas que ficam aliviadas, principalmente aqueles trabalhadores que estão em frente ao computador a trabalhar!", esclarece Fernado Ferreira.

    A massagem "além de quebrar a rotina laboral, quebra as tensões musculares adquiridas ao longo do dia", adianta o massagista, recordando que alguns funcionários da RTA ficaram tão satisfeitos com o serviço que na mesma tarde recorreram duas vezes às massagens terapêuticas.

    A massagem é feita nas zonas cervicais, dorsais e lombares, mas também nos membros superiores, além de alongamentos de cervical, explica o especialista.
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.