Quercus apela apoio para política de melhoria do desempenho ambiental


 

Lusa/AO online   Nacional   14 de Out de 2010, 18:16

A Associação Nacional de Conservação da Natureza (Quercus) apelou ao ministro dos Transportes, que defenda a melhoria do desempenho ambiental dos transportes no Conselho Europeu de Ministros dos Transportes.
O apelo surge no âmbito da discussão sobre o enquadramento legal dos sistemas de portagens e taxas de utilização dos veículos pesados, em que a Comissão Europeia propõe que estes veículos paguem pelos seus custos ambientais, eliminando a proibição até agora existente, refere a Quercus em comunicado, acrescentando que, "neste processo, Portugal é um dos países que tem manifestado reservas face à proposta da Comissão Europeia".

Numa carta enviada ao ministro das Obras Públicas, Transporte e Comunicações, António Mendonça, a Quercus sublinha que a "oposição de Portugal à implementação do princípio do poluidor-pagador seria especialmente incompreensível numa altura em que o país se prepara para alargar a sua rede de auto-estradas sujeitas ao pagamento de portagens, um passo importante na melhoria da eficiência e redução das emissões de poluentes no sector dos transportes".

“Tal como sugeriu recentemente a OCDE, Portugal deve promover um desenvolvimento verde do seu sistema de transportes e para tal expandir a utilização de portagens diferenciadas de acordo com o desempenho ambiental dos veículos. Esta Directiva Europeia é fundamental para incentivar a implementação dessa política", salienta Francisco Ferreira, da Quercus.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.