Bolsa

PSI 20 fecha a ganhar 0,01% com a PT a avançar 1,15%


 

Lusa / AO online   Economia   13 de Ago de 2010, 18:38

O PSI 20 fechou esta sexta-feira a ganhar 0,01 por cento para 7.300,08 pontos, com a PT a avançar 1,15 por cento depois de a Standard & Poor's ter reiterado o 'rating' da empresa.
“Apesar de terem iniciado a semana com ganhos, os mercados bolsistas viveram uma semana negativa, pressionados pelas declarações Reserva Federal de que a economia norte-americana está a recuperar a um ritmo mais lento que o previsto, pela revisão em baixa das previsões do Banco de Inglaterra para a economia do Reino Unido e também pela fraqueza das importações chinesas”, disse à agência Lusa a analista Telma Santos, do Millennium BCP.

De facto, esta semana, o PSI 20 recuou 1,57 por cento.

Na sessão de hoje, nove títulos valorizaram, dois permaneceram inalterados (REN e Cimpor) e nove caíram.

A Mota Engil foi hoje o título que mais cresceu, ao avançar 1,39 por cento para 2,19 euros, seguida da PT que ganhou 1,15 por cento para 8,85 euros.

Hoje, a agência de notação financeira Standard & Poor's reafirmou hoje o 'rating' da Portugal Telecom (PT) e retirou a empresa de ‘outlook’ negativo, considerando que a venda da sua posição Vivo reforça o perfil da empresa, o qual não é comprometido pela anunciada entrada na Oi.

Ainda nas subidas, destaque para a EDP que melhorou 0,33 por cento para 2,46 euros e a BES ao crescer 0,06 por cento para 3,52 euros, tendo sido mesmo o único banco a ganhar valor.

O BCP recuou 0,79 por cento para 0,63 enquanto o BPI foi o título que hoje mais caiu, perdendo 1,51 por cento para 1,63 euros.

A EDP Renováveis desvalorizou 0,73 por cento para 4,50 euros e a Galp 0,58 por cento para 12,08 euros.

Esta sexta-feira, apenas Lisboa e Madrid ganharam valor, com este a avançar 0,18 por cento para 5.275,44 pontos.

Madrid liderou as quedas, ao perder 0,64 por cento para 10.275,80 pontos, Frankfurt 0,40 por cento para 6.110,41 pontos e Paris 0,28 por cento para 3.610,91 pontos

O índice Dow Jones 50 ganhou 0,35 por cento para 2.502,43 pontos e o índice Euronext 100 perdeu 0,06 por cento para 650,69 pontos.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.