PSD quer ouvir MAI no parlamento sobre impedimento de visita a esquadra nos Açores

PSD quer ouvir MAI no parlamento sobre impedimento de visita a esquadra nos Açores

 

Lusa/AO online   Regional   4 de Dez de 2017, 12:47

O PSD vai solicitar a audição parlamentar do ministro da Administração Interna, depois de um grupo de deputados eleitos pelos Açores ter sido confrontado com falta de informações e impedido de visitar uma esquadra na ilha da Graciosa.


A deputada e vice-presidente da bancada Berta Cabral explicou esta segunda-feira à Lusa que os parlamentares do PSD eleitos pelo círculo dos Açores estão em visita oficial à ilha da Graciosa, tendo, na sua agenda, prevista uma reunião de trabalho com o comandante e chefe da esquadra da PSP da ilha e uma visita às instalações.

“Nessa visita, fomos recebidos com amabilidade pelo comandante mas informou-nos que estava impedido de nos dar qualquer tipo de informação, quer estatística quer sobre meios disponíveis para a PSP exercer a sua atividade na ilha da Graciosa, assim como também não nos podia promover uma visita às instalações porque tinha tido instruções superiores”, explicou.

Para a deputada do PSD, esta situação “é intolerável” e configura uma espécie de “lei da rolha”.

“Queria anunciar que vamos chamar o ministro da Administração Interna à comissão para saber que critérios são esses e como é possível sonegar informação a um órgão de soberania”, afirmou Berta Cabral.

A vice-presidente da bancada social-democrata salientou que os deputados da Assembleia da República “têm a obrigação de tomar conhecimento de como funcionam os serviços do Governo no seu círculo de eleição”.

“Não pactuamos com essa falta de transparência, o ministro tem de dar informações à Assembleia da República”, frisou.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.