OE2012

PSD e CDS recusam alterações substanciais aos cortes nos subsídios

PSD e CDS recusam alterações substanciais aos cortes nos subsídios

 

Lusa/AO online   Economia   25 de Nov de 2011, 10:36

O PSD e o CDS-PP preparam-se para aprovar na especialidade as normas do Orçamento do Estado para 2012 (OE2012) que cortam os subsídios de férias e Natal para funcionários públicos e pensionistas sem alterações significativas.
Ao longo dos últimos dias, os deputados da maioria parlamentar equacionaram a possibilidade de introduzir uma modelação nos cortes dos subsídios de férias e Natal para 2012 e 2013, de forma a desagravar esta medida para os rendimentos abaixo de 1000 euros. No entanto, durante o debate parlamentar de hoje, nem o Governo nem os deputados do PSD ou do CDS deram qualquer sinal nesse sentido.

A oposição avançou propostas de alteração dos artigos 18º e 19º da proposta do OE2012, propondo a sua eliminação ou, no caso de uma proposta do PS, uma emenda que resultaria em manter um dos subsídios.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.