PSD celebra 44 anos e homenageia líderes históricos de Açores e Madeira em Beja

PSD celebra 44 anos e homenageia líderes históricos de Açores e Madeira em Beja

 

Lusa/AO online   Regional   10 de Mai de 2018, 15:05

"Autonomias Regionais" é o tem das comemorações dos 44 anos do PSD, que vão decorrer em Beja, na sexta-feira e no sábado, e incluir homenagens aos históricos presidentes dos governos regionais dos Açores e da Madeira.

Segundo o PSD, a cidade alentejana de Beja, situado no interior do país, foi a escolhida para receber as comemorações dos 44 anos do partido porque "personifica alguns dos maiores desafios de Portugal no presente, designadamente a necessária reforma da descentralização".

Durante as comemorações, o PSD vai "chamar a atenção" para a reforma da descentralização e recordar o "peso histórico" de Beja nos 44 anos de existência do partido.

A sessão solene do 44.º aniversário do PSD, no sábado, vai decorrer, a partir as 12:00, no Teatro Municipal Pax Julia, onde, em abril de 1975, um comício do partido, então designado PPD, foi "interrompido por forças radicais" e alguns dos participantes, entre os quais o atual Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, tiveram de fugir pelo telhado.

Na sessão, o PSD vai homenagear os históricos presidentes dos governos regionais dos Açores e da Madeira, respetivamente, Mota Amaral e Alberto João Jardim.

A sessão vai incluir intervenções dos homenageados, do fundador e militante n.º 1, Francisco Pinto Balsemão, e do presidente do PSD, Rui Rio.

Nas primeiras eleições legislativas regionais que decorreram em Portugal, em junho de 1976, o PSD alcançou "vitórias históricas" pelas mãos de Mota Amaral e Alberto João Jardim, que foram "protagonistas da afirmação da social-democracia nas duas regiões autónomas e do desenvolvimento de Açores e Madeira nos muitos anos em que lideraram os governos regionais", refere o partido em comunicado.

Por outro lado, com as próximas legislativas regionais na Madeira em 2019 e nos Açores em 2020, o PSD "olha para o seu papel como partido definidor" e reafirma "o seu protagonismo no aprofundamento" das autonomias regionais, "com o objetivo cimeiro de servir as populações açoriana e madeirense".

O programa das comemorações arranca na sexta-feira com um programa de visitas de Rui Rio a várias instituições e empresas de Beja.

Durante a manhã, Rui Rio, após apresentar cumprimentos ao presidente da Câmara de Beja, o socialista Paulo Arsénio, vai visitar a Cáritas Diocesana, o Hospital José Joaquim Fernandes e a empresa Fairfruit.

Durante a tarde, Rui Rio irá visitar o Instituto Politécnico de Beja e a Empresa de Desenvolvimento e Infraestruturas do Alqueva e reunir-se com o movimento cívico "Beja Merece +".



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.