PSD abre hoje último debate quinzenal com o primeiro-ministro de 2016

PSD abre hoje último debate quinzenal com o primeiro-ministro de 2016

 

Lusa/AO Online   Nacional   22 de Dez de 2016, 06:21

O PSD abre hoje o debate quinzenal com o primeiro-ministro, António Costa, o último do ano de 2016 e o primeiro desde que foi anunciado o mecanismo de compensação dos lesados do papel comercial do BES.

O PSD indicou o genérico tema de "questões políticas, económicas e sociais" para a sua intervenção, que abre o debate quinzenal, seguindo-se PS, BE, CDS-PP, PCP, PEV e PAN.

Este será o primeiro debate quinzenal desde que foi anunciado o mecanismo de compensação dos lesados do papel comercial do BES, na segunda-feira.

Na altura, António Costa afirmou que a solução encontrada "garante aos contribuintes que não terão de assegurar com o seu esforço financeiro a ultrapassagem desta situação", mas o PSD duvidou que não haja custos para os contribuintes.

"Se a solução foi encontrada sem pôr os contribuintes a pagar, excelente. Se os contribuintes, na primeira linha ou numa segunda linha, vierem a ser chamados a pagar, foi um mau compromisso", afirmou o deputado social-democrata Duarte Pacheco.

O último debate quinzenal decorreu no dia 07 de dezembro e ficou marcado pela Caixa Geral de Depósitos, com o primeiro-ministro a afirmar que o país está em vias de virar a "página de incerteza" sobre o futuro do sistema financeiro.

Nesse debate, António Costa defendeu uma reforma para a descentralização de poderes para o poder local e o presidente do PSD, Pedro Passos Coelho, disse estar disponível para discutir as propostas do Governo, ironizando que os sociais-democratas não são de "amuar" e aceitam a apropriação que o executivo fez de medidas avançadas pelo partido.

"Nós não somos de amuar, portanto aceitamos democraticamente que o parlamento decida chumbar liminarmente as nossas propostas e que depois pegue em várias delas e as apresente como suas", afirmou Passos Coelho, na ocasião.

 

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.