Proposta aprovada na generalidade à esquerda com votos contra do PSD e CDS

 Proposta aprovada na generalidade à esquerda com votos contra do PSD e CDS

 

Lusa/AO online   Economia   4 de Nov de 2016, 18:11

A proposta de Orçamento do Estado para 2017 e as Grandes Opções do Plano foram esta sexta-feira aprovadas na generalidade pela esquerda parlamentar, com os votos favoráveis do PS, BE, PCP e PEV e contra do PSD e CDS-PP.

 

O deputado do PAN absteve-se face aos diplomas que, após aprovados, passarão à discussão na especialidade, em comissão, entre 07 e 18 de novembro. A votação final global está marcada para dia 29, após debates em plenário nos dias 24, 25 e 28.

O Orçamento do Estado para 2017 prevê um crescimento económico de 1,5%, um défice de 1,6% do Produto Interno Bruto (PIB), uma inflação de 1,5% e uma taxa de desemprego de 10,3%.

No final da votação, com 228 deputados registados, a maioria dos deputados da bancada do PS e alguns na bancada do BE bateram palmas. É a segunda vez que a esquerda parlamentar se une para aprovar um Orçamento do Estado de um governo PS.

A votação culminou um debate de dois dias na generalidade, encerrado hoje pelo primeiro-ministro, António Costa, na única vez que interveio ao longo da discussão.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.