Projetos de apoio na pediatria e a doentes com sida e cancro recebem 45 mil euros


 

Lusa/AO online   Nacional   8 de Jun de 2015, 15:07

Cinco associações de apoio a doentes nas áreas da Sida, do cancro do pulmão, da diabetes e da pediatria vão receber um total de 45 mil euros em bolsas para poderem desenvolver projetos nas respetivas áreas.

 

Trata-se de um programa de bolsas de financiamento no valor de 45 mil euros, criado pela Roche Portugal, no âmbito da sua política de responsabilidade social, que pretende viabilizar os melhores projetos, desenvolvidos por Associações de Doentes ou outras Organizações Não Governamentais (ONG), que visem a promoção da saúde junto de doentes.

Candidataram-se a estas "bolsas de cidadania" 35 projetos, que foram avaliados por um júri independente, que escolheu os projetos mais originais, focados na defesa dos direitos dos doentes e na promoção da saúde na comunidade, divulgou a organização em comunicado.

As instituições selecionadas foram o Grupo Português de Ativistas sobre Tratamentos de VIH/SIDA (GAT), a Fundação Gil, a Pulmonale - Associação Portuguesa de Luta Contra o Cancro do Pulmão, os Amigos da Pediatria da Ilha Terceira e a Associação Protetora dos Diabéticos de Portugal (APDP) foram as instituições selecionadas.

O GAT apresentou o projeto "Mais participação, melhor saúde" que tem como objetivo promover a participação de representantes de doentes e cidadãos nos processos de decisão política em saúde, que recebe uma bolsa no valor de 15 mil euros.

À Fundação do Gil foi atribuída uma bolsa no valor de 10 mil euros para apoiar o desenvolvimento de uma unidade de cuidados paliativos pediátricos ao domicílio.

O mesmo valor será entregue à Pulmonale para desenvolver um projeto de promoção do conhecimento terapêutico em oncologia junto ao público.

Foram ainda distinguidos, com cinco mil euros cada, os projetos "Crescer e ser saudável nos Açores: Rastreio de anemia e carência de ferro na infância" dos Amigos da Pediatria da Ilha Terceira e uma iniciativa de suporte à motivação para a autogestão do diabético, através de comunicação digital e acesso remoto a dados de saúde, da APDP.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.