Ponta Delgada vai reabilitar imóvel para juntar instituições de apoio social

Ponta Delgada vai reabilitar imóvel para juntar instituições de apoio social

 

LUSA/AO online   Regional   12 de Out de 2017, 16:33

A Câmara de Ponta Delgada lançou hoje o concurso público para a construção de um Centro de Integração Ativa e Comunitária, espaço que vai juntar entre cinco a seis instituições que apoiam crianças, jovens e vítimas de violência doméstica

.A vereadora do município Fátima Rego Ponte adiantou à agência Lusa que o centro, cujas obras têm um preço-base de 570 mil euros, vai nascer num imóvel na freguesia de São Sebastião, no centro urbano de Ponta Delgada, maior cidade dos Açores, que tinha sido adquirido pela câmara e vai agora ser reabilitado.

“Trata-se de um ‘start up’ social. O principal objetivo é ceder espaços a estas instituições do concelho que dão apoio a crianças, jovens e vítimas de violência doméstica”, sublinhou Fátima Rego Ponte, acrescentando.

A vereadora adiantou ainda que será assegurada "uma racionalização de meios", dado que as várias instituições vão poder partilhar espaços, como a receção e salas para reuniões.

“As instituições têm muitas dificuldades para disporem de uma sede própria e a câmara, conhecendo estas dificuldades, considerou importante ter no centro de Ponta Delgada um edifício que possa albergar estas valências”, declarou.

A obra, cujo prazo execução é de um ano, foi submetida a fundos comunitários, referiu Fátima Rego Ponte, adiantando que decorrerão entre seis a oito meses até a adjudicação das obras de recuperação do espaço.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.