PJ detém mulher nos Açores suspeita de recetação de bens de alegada burla

PJ detém mulher nos Açores suspeita de recetação de bens de alegada burla

 

LUSA/AO online   Regional   13 de Jul de 2016, 14:37

A Polícia Judiciária (PJ) anunciou hoje a detenção, nos Açores, de uma mulher de 40 anos suspeita de recetação de uma "grande quantidade de bens" provenientes de uma alegada burla de "mais de meio milhão de euros"

Segundo o comunicado do Departamento de Investigação Criminal de Ponta Delgada, "a detenção ocorreu no âmbito de uma investigação em curso" que permitiu já deter a presumível autora da burla, de 42 anos, e recuperar uma "avultada quantidade de objetos resultantes dessa atividade criminosa".

A mulher de 42 anos, suspeita da prática continuada de crimes de burla qualificada, foi detida há um mês em Vila Franca do Campo, na ilha de São Miguel.

Na altura, a PJ referiu que a suspeita fazia crer aos lesados que "iria receber uma vultuosa indemnização por acidente de um familiar no estrangeiro”.

Ao longo de mais de um ano, a arguida levou os lesados “a entregarem-lhe somas que atingiram um valor superior a 700 mil euros, convencidos de que este dinheiro se destinava a custear as despesas do processo burocrático indemnizatório, de cunho internacional, na expectativa de virem a obter generosa compensação”, refere a PJ.

Fonte da PJ tinha explicado já à Lusa que seriam três os lesados, um casal e uma mulher, com os quais a arguida “tinha proximidade relacional”.

O comunicado emitido hoje indica que "a continuação das investigações permitiu agora identificar a possuidora dolosa de uma grande parte dos bens ainda em falta, os quais foram apreendidos no decurso de uma busca domiciliária realizada no concelho de Vila Franca do Campo".

A PJ conseguiu ainda "recuperar, junto de um estabelecimento comercial, diversos artigos de ourivesaria, que já haviam sido alienados pela detida".

A agora detida, operária fabril, foi presente a primeiro interrogatório para aplicação das medidas de coação, não tendo ainda sido divulgadas as medidas de coação.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.