PIB da Zona Euro no 2º trimestre centra atenções dos mercados


 

Lusa / AO online   Economia   8 de Ago de 2010, 13:14

Os mercados financeiros estão atentos esta semana à primeira estimativa do PIB da Zona Euro depois de uma semana em que foi divulgado que tanto o Santander Totta como o BES passaram nos testes de resistência.

Quanto ao Produto Interno Bruto (PIB) da zona euro, conhecido na sexta feira, os analistas estão a estimar um crescimento “de 0,7 por cento no segundo trimestre face ao trimestre anterior e 1,4 por cento face ao trimestre homólogo”, disse à agência Lusa a analista Telma Santos do Millennium BCP com base no consenso dos analistas contactados pela agência de informação financeira Bloomberg.

Também no dia 13 de agosto, é divulgado o PIB alemão do segundo trimestre “com o consenso a antecipar uma expansão de 1.3 por cento face ao mês anterior e de 2.4 por cento face ao mesmo mês do ano passado”, acrescentou.

Ainda na Europa, será revelada a produção industrial da zona Euro, que deverá ter aumentado 0,7 por cento em junho face a maio.

Nos Estados Unidos, destaque para a divulgação das vendas a retalho referentes a julho que, segundo os dados recolhidos pela analista Telma Santos, “deverão aumentar 0.4 por cento” e o valor preliminar da confiança medida pela Universidade de Michigan “com o consenso a antecipar uma subida de 67.8 para 69.8 pontos”.

No entanto, os investidores estarão especialmente atentos a decisão da Reserva federal norte-americana sobre a taxa de juro de referência “com o mercado a antecipar a manutenção no intervalo entre 0,00 e 0,25 por cento”, afirmou Telma Santos.

O Banco Central Europeu já tinha anunciado a manutenção da sua taxa diretora em um por cento na semana passada.

Em Portugal, o destaque foi para a divulgação dos testes de resistência ao BES e ao Santander Totta, conhecidos na sexta feira, que comprovaram a resistência destas instituições a cenários menos positivos.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.