Combustíveis

Petroleiro com jet-fuel 'contaminado' aguarda por novas análises

Petroleiro com jet-fuel 'contaminado' aguarda por novas análises

 

Lusa / AO online   Regional   22 de Mar de 2010, 14:29

Um petroleiro carregado com quatro milhões de litros de jet-fuel, aparentemente 'contaminado' com biodiesel, encontra-se fundeado ao largo de Santa Maria, Açores, enquanto se aguardam os resultados dos testes para determinar se o combustível pode ser descarregado.
O navio 'Errianimmer', com bandeira da Malta mas operado por um armador dinamarquês, é proveniente de Cartagena, em Espanha, onde carregou os tanques com quatro milhões de litros de combustível para abastecer os aviões que fazem escala no Aeroporto Internacional de Santa Maria, revelou Pedro Marques Pereira, porta-voz da GALP.

Antes de sair da refinaria espanhola foram colhidas amostras do combustível, mas o petroleiro já estava a chegar aos Açores quando foram conhecidos os resultados, que indicam que o jet-fuel apresenta uma percentagem de biodiesel superior à permitida para o abastecimento de aviões.

Pedro Marques Pereira salientou que a petrolífera portuguesa, que abastece o Aeroporto de Santa Maria em parceria com a Repsol, de cuja refinaria é originário este combustível, já deu indicações ao armador do petroleiro de que "não aceita o combustível nestas condições".

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.