Pescas

Pescadores pedem activação do fundo de pesca

Pescadores pedem activação do fundo de pesca

 

Lusa/AO online   Regional   17 de Dez de 2010, 15:04

O presidente da Federação Regional das Pescas dos Açores, José António Fernandes, vai solicitar ao Governo açoriano que ative o fundo de pesca destinado a apoiar os pescadores que não podem sair para o mar devido ao mau tempo.
O anúncio foi feito esta sexta-feira à tarde, na cidade da Horta, à margem do Conselho Regional de Pescas, um órgão consultivo do Governo Regional que reúne os parceiros do sector, e surge na sequência das más condições climatéricas que se têm feito sentir no arquipélago.

“Julgamos que é altura de activar o fundo de pescas devido ao mau tempo que se tem feito sentir no mês de Dezembro e que se prevê continue até ao fim do ano”, sublinhou José António Fernandes, que tinha manifestado opinião contrária, em declarações aos jornalistas, antes do encontro.

O responsável pela Federação das Pescas tinha afirmado na quinta-feira que ainda era cedo para activar aquele fundo de compensação, mas hoje disse que “há pescadores que têm fracos recursos, já não estão a ficar bem financeiramente” e necessitam de apoio, porque não conseguem exercer a actividade, devido ao mau estado do mar.

O subsecretário regional das Pescas, Marcelo Pamplona, não partilha, no entanto, da mesma opinião e lembra que, apesar do mau tempo, os dados estatísticos revelam que os pescadores continuam a descarregar peixe em lota.

“Só nesta semana foram vendidos perto de 200 mil euros nas lotas da região, o que significa que existe uma actividade económica que continua a produzir e a efectuar descargas nas lotas da região”, destacou o governante.

Marcelo Pamplona admitiu, no entanto, analisar o assunto até ao final do ano, caso as condições climatéricas não permitam que os profissionais da pesca exerçam a actividade

O subsecretário regional das Pescas lembrou, no entanto, que o fundo de pesca já foi accionado em Março deste ano, devido ao mau tempo que se verificou na região nessa altura, permitindo apoiar cerca de 1500 pescadores com um total de 750 mil euros.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.