Saúde

Peritos apontam o dedo à empresarialização dos hospitais


 

Lusa / AO online   Nacional   15 de Jul de 2010, 18:25

Um grupo de peritos nomeado pelo Governo concluiu que a empresarialização dos hospitais “descentrou a atenção do essencial, o doente e a prestação dos cuidados de saúde”, e defende agora mais poder para os doentes nas administrações hospitalares.
A posição é do Grupo Técnico para a Reforma da Organização Interna dos Hospitais, nomeado pelos ministérios da Saúde, Finanças e Administração Pública, que apresentaram uma proposta de uma nova matriz organizacional para os hospitais do Serviço Nacional de Saúde (SNS).

Segundo o relatório deste grupo, que se encontra em consulta pública até 15 de Setembro, e está disponível no site www.portaldasaude.pt, “a empresarialização dos hospitais, ao colocar maior ênfase na gestão empresarial, descentrou a atenção do essencial, o doente e a prestação dos cuidados de saúde”.

Esta situação, comprometeu “a adopção de estratégias de eficiência, capazes de responder simultaneamente à necessidade de melhorar desempenhos e conter custos, só exequíveis em contextos de excelência clínica”, lê-se no relatório.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.