Pedro Passos Coelho participa na universidade de verão do PSD/Açores

Pedro Passos Coelho participa na universidade de verão do PSD/Açores

 

LUSA/AO online   Regional   8 de Ago de 2016, 16:52

O líder do PSD, Pedro Passos Coelho, vai participar na abertura da 3.ª universidade de verão do PSD/Açores, que decorre de 25 a 28 de agosto, em Angra do Heroísmo, com a participação de 32 jovens

"O objetivo é ser um espaço de formação política e cívica para os jovens dos Açores, sendo militantes ou independentes. E já vamos aproximarmo-nos nesta terceira edição de cerca de 100 jovens, que vão passar por este espaço de formação do PSD e da JSD/Açores", frisou, hoje, o líder do PSD/Açores, Duarte Freitas, na conferência de imprensa de apresentação da universidade de verão, em Angra do Heroísmo.

Pedro Passos Coelho vai participar na abertura da universidade de verão, no dia 25 de agosto, e o líder da JSD nacional, Simão Ribeiro, participa no encerramento.

Depois de uma primeira edição em São Miguel e de outra em São Jorge, a universidade de verão do PSD/Açores chega este ano à ilha Terceira, com debates que abordarão temas como a saúde, a educação, o emprego e o mar, entre outros.

"Alguns destes jovens que vão participar nesta universidade nem tinham nascido quando o Partido Socialista chegou ao poder na região. Isto também é um sinal para estes jovens que olham para o futuro desesperançados, olham para o futuro como quem já está cansado de não conhecer outro regime, que não este regime socialista de 20 anos", disse o líder regional social-democrata.

Segundo Duarte Freitas, o PSD/Açores "é a estrutura do PSD do país que mais novos militantes tem feito" e desde janeiro de 2013 inscreveram mais de 2 mil novos militantes, sendo a maioria jovens.

No entanto, o presidente do PSD/Açores salientou que o objetivo deste evento não é angariar novos militantes.

"Aquilo que nós pretendemos é que ao saírem da universidade de verão sejam melhores cidadãos, independentemente de serem militantes ou não", frisou.

Também Daniel Pavão, líder da JSD/Açores, sublinhou que na universidade de verão não se fala de política partidária, do PSD ou de qualquer outra força política, mas de ideias e projetos.

"A universidade de verão não serve para recrutar jovens, serve para trazer as ideias dos jovens para a política. Quando a abstenção cada vez é maior e quando cada vez os jovens se afastam mais da política, é importante perceber porque é que eles vêm cá e querem debater os variadíssimos temas que temos à disposição", salientou.

Entre os oradores dos diferentes debates previstos na universidade de verão do PSD/Açores estão Francisco Pimentel, líder da UGT/Açores, Lizuarte Machado, comandante da marinha mercante e deputado do PS, e Domingos Borges, diretor da Escola Profissional da Praia da Vitória.

Participam ainda o antigo líder da JSD Duarte Marques e os eurodeputados Carlos Coelho e Sofia Ribeiro, bem como o escritor Joel Neto, o psicólogo Francisco Simões e Álvaro Monjardino, primeiro presidente da Assembleia Legislativa dos Açores.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.