PCP condena redução do diferencial fiscal no preço dos combustíveis

PCP condena redução do diferencial fiscal no preço dos combustíveis

 

Ana Carvalho Melo   Regional   26 de Out de 2012, 17:49

O PCP Açores condenou esta sexta-feira a decisão do Governo Regional de reduzir o diferencial fiscal sobre os produtos petrolíferos.

Para o partido trata-se de uma redução que "efetivamente aumenta o preço dos combustíveis e sobrecarrega os orçamentos das famílias e das empresas".

 

"Trata-se de uma decisão grave, uma vez que se pretende reduzir os mecanismos autonómicos que minimizam os agravados custos de insularidade, ao mesmo tempo que se agravam as dificuldades do setor produtivo e se acrescentam os encargos de todos os cidadãos", revela nota enviada à comunicação social.

O PCP refere ainda que se trata de "uma atitude ilegítima, uma vez que o atual Governo se encontra em gestão, devendo decisões desta importância ser tomadas pelo Parlamento eleito nas eleições de 14 de outubro passado."

Assim os comunistas afirmam que vão contestar esta medida no Parlamento Regional e lutar pela manutenção dos mecanismos autonómicos que permitem proteger os açorianos da "política ruína nacional levada a cabo pelos partidos da troika".



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.