Passageiros dos autocarros do acidente em Espanha são portugueses


 

AO/Lusa   Nacional   19 de Out de 2014, 10:18

Os 59 passageiros dos dois autocarros envolvidos num acidente ocorrido sábado em Espanha, que provocou três mortos, são portugueses, disse à Lusa fonte da Autoridade Nacional de Proteção Civil portuguesa.

 

Citando dados transmitidos pela Guardia Civil espanhola, a mesma fonte indicou que os autocarros pertencem à empresa francesa Autocarros Andrade – embora um tenha matrícula portuguesa e o outro francesa – e embateram lateralmente quando seguiam no mesmo sentido.

Do acidente, que ocorreu ao quilómetro 65 da A-62 (que liga Burgos, em Espanha, a Portugal), na zona de Torquemada, perto de Palencia, resultaram ainda quatro feridos graves e 26 feridos ligeiros, acrescentou.

Fonte consular portuguesa em Espanha afirmou à Lusa que um dos feridos está em “estado crítico” e que a situação está a ser acompanhada pelo Consulado, juntamente com a delegação do Governo de Castela e Leão.

A mesma fonte não soube precisar de que zona do país são os passageiros.

Os feridos foram transportados para o Hospital Río Carrión, em Palencia.

De acordo com a agência espanhola EFE, as vítimas mortais são três homens, dois passageiros que viajavam nos últimos lugares do primeiro autocarro, que tinha como destino Grenoble (França), e o segundo condutor do segundo autocarro, que viajava rumo a Nice (também em França).

  1. Ainda segundo a EFE, a maioria dos passageiros são trabalhadores que regressavam a França depois de visitarem os seus familiares em Portugal.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.