Vaticano

Papa determinado a tomar novas medidas sobre casos de abusos sexuais


 

Lusa / AO online   Internacional   15 de Mar de 2010, 14:32

O papa está determinado a tomar novas medidas contra os padres pedófilos que poderão ser apresentadas na carta pastoral que está prestes a enviar ao episcopado irlandês, disse esta segunda-feira numa entrevista o arcebispo Rino Fisichella.
Bento XVI não está, de forma alguma, paralisado ou fechado numa torre de marfim face à avalancha de casos de pedofilia que atinge a Igreja católica, afirmou Fisichella, presidente da Academia pontifícia para a vida.

Pelo contrário, «é uma pessoa clara, determinada, extremamente lúcida na sua análise, uma lucidez que o leva a (...) tomar medidas necessárias», declarou Fisichella ao jornal Corriere della Sera.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.