Arroz

Orizicultores reclamam medidas para "salvar" produção nacional


 

Lusa/AO online   Economia   25 de Mai de 2010, 12:11

A Associação Portuguesa dos Orizicultores (APOR) reclamou esta terça-feira medidas do Governo para "salvar a produção nacional" de arroz, antes de equacionar eventuais acções de protesto, no encontro de produtores marcado para Julho, em Santarém.
Após uma audiência no Núcleo de Coimbra da Direcção Regional da Agricultura do Centro, o coordenador da APOR, Isménio de Oliveira, em declarações aos jornalistas, alertou para a "situação gravíssima" do sector e que motiva a realização do encontro nacional de produtores, para análise das "medidas a tomar".

Uma das medidas reclamadas pela APOR é o desbloqueio de uma verba para finalização das obras hidroagrícolas do Baixo-Mondego, porque, sustenta, o emparcelamento de todos os vales ainda não abrangidos é "essencial para o desenvolvimento agrícola de toda a região", responsável por "80 por cento da produção nacional de arroz".

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.