PME

Operários da Ceres marcam plenário após pedido de insolvência


 

Lusa / AO online   Economia   18 de Fev de 2010, 17:43

Os trabalhadores da cerâmica Ceres, de Coimbra, marcaram um plenário para dia 26, para discutir a situação da empresa, após um pedido de insolvência apresentado pela Segurança Social, anunciou esta quinta-feira o sindicato do sector.
O pedido de insolvência foi apresentado há uma semana, no Tribunal de Coimbra, através do Instituto de Gestão Financeira (IGF), por incumprimento do plano de pagamento da dívida acordada para a recuperação da empresa, conforme confirmara à Lusa, no início do mês, o director do Centro Distrital da Segurança Social de Coimbra, Mário Ruivo.

Após três anos de encerramento, deixando no desemprego 200 pessoas, a fábrica reabriu em Maio de 2009, com uma nova administração e 50 operários, e está parada desde Dezembro, não tendo chegado a reintegrar os 120 trabalhadores previstos no plano de recuperação.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.