Onda de frio que afeta a Rússia já causou 135 mortos

Onda de frio que afeta a Rússia já causou 135 mortos

 

Lusa/AO Online   Internacional   27 de Dez de 2012, 06:28

Sete pessoas morreram nas últimas 24 horas na Rússia devido à onda de frio polar que está a afetar o país e que já causou um total de 135 mortos, informaram as autoridades locais.

De acordo com os dados do Ministério da Saúde russo, citados pela agência Interfax, 236 pessoas tiveram de receber na quarta-feira tratamento médico, das quais 164 foram hospitalizadas com sintomas de hipotermia e congelamento.

Mais de mil pessoas foram hospitalizadas na Rússia desde a chegada da onda de frio com os mesmos sintomas.

No domingo, Moscovo teve a sua noite mais fria do inverno, com 23 graus negativos, enquanto nas regiões próximas da capital russa as temperaturas rondaram os 28 graus negativos.

Esta tem sido a onda de frio mais prolongada que a Rússia enfrentou num mês de dezembro nos últimos 75 anos.

As temperaturas mais baixas, inferiores a 50 graus negativos, foram registadas no extremo oriente do país.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.