Onça de ouro atinge novo recorde histórico a 1.283,25 dólares


 

Lusa/AO online   Economia   20 de Set de 2010, 15:14

 A onça de ouro voltou esta segunda-feira a atingir um máximo histórico no mercado de Londres, cotando-se a 1.283,25 dólares, por ser um activo refúgio, face à debilidade do dólar e à incerteza sobre a recuperação da economia mundial.
A nova valorização do ouro segue a tendência de alta do metal, que se iniciou desde o princípio de 2010, tendo-se apreciado até agora mais de 17 por cento.

Os investidores acreditam que o ouro preservará melhor o seu valor do que as moedas correntes perante a incerteza financeira dos mercados.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.