Obama envia segunda-feira para o Congresso proposta de reforma do sistema educativo


 

Lusa / AO online   Internacional   13 de Mar de 2010, 17:21

O Presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, anunciou hoje que enviará segunda feira para o Congresso um plano para melhorar o nível educativo dos norte-americanos e recuperar o terreno perdido perante a evolução registada noutros países.

No seu habitual discurso de sábado num programa de rádio, Obama assinalou que esse avanço não só pôs em perigo a liderança dos Estados Unidos, como também "condena muitos norte-americanos a um futuro menor".

O projeto consiste numa reestruturação do plano "Que nenhuma criança fique par trás", promovido durante a administração do anterior presidente, George W. Bush.

"Os nossos concorrentes compreendem que o país que nos supere em educação amanhã supera-nos como competidor [económico]. No entanto, não nos esforçámos para reformar e fortalecer o nosso sistema educativo", afirmou.

Acrescentou que, como resultado, os Estados Unidos perderam terreno nas últimas décadas e que os alunos de 15 anos estão longe do topo nas ciências e matemáticas, quando comparados com estudantes de outros países.

O presidente norte-americano admitiu que o plano é ambicioso ao estabelecer que todos os alunos que terminem o ensino secundário estejam preparados para a universidade, "independentemente de quem seja e de onde venha".


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.