Nuvem vai afectar Açores e Madeira até quinta feira


 

Lusa/AO Online   Regional   12 de Mai de 2010, 07:53

A nuvem de cinzas continua hoje a afetcar Portugal, prevendo-se que permaneça sobre os arquipélagos dos Açores e da Madeira até quinta feira, segundo as previsões do Instituto de Meteorologia (IM).

"Relativamente aos arquipélagos, a nuvem irá permanecer pelo menos até à 01:00 da amanhã [quinta feira]", declarou o meteorologista Carlos Mateus.

Em declarações à Lusa, Carlos Mateus adiantou que as previsões apontam para que a nuvem de cinzas emanadas pelo vulcão islandês Eyjafjöll deixe de afectar o território continental a partir da tarde de hoje, altura em que a pluma irá deslocar-se para sul do Algarve.

"Está previsto que a partir das 13:00 locais já não esteja sobre o continente", sublinhou, acrescentando que se prevê igualmente que a nuvem "não entre novamente" no espaço nacional.

Desde sexta feira, que a nuvem de cinzas se encontra sobre Portugal, obrigando ao encerramento de vários aeroportos nos arquipélagos e no continente e, consequentemente, ao cancelamento de vários voos.

Entretanto, a transportadora aérea açoriana SATA anunciou que vai retomar as ligações entre as ilhas dos Açores e o continente a partir das 13:00 de Lisboa, estimando a realização de 62 voos extraordinários nos próximos dias, para transportar os passageiros que ficaram retidos no arquipélago.

O vulcão islandês Eyjafjöll entrou em actividade em março passado, emanando uma nuvem de cinzas que provocou o encerramento do espaço aéreo de vários países da Europa, entre 14 e 21 de abril.

Na altura, a situação causou um caos sem precedentes na história da aviação civil e prejuízos estimados na ordem dos 2,5 mil milhões de euros.

Depois de um abrandamento da actividade vulcânica, a situação voltou a intensificar-se na quinta feira passada.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.