Número de mortos provocado por naufrágio no Bósforo subiu para 24

Número de mortos provocado por naufrágio no Bósforo subiu para 24

 

Lusa/AO online   Internacional   3 de Nov de 2014, 16:34

O naufrágio de um barco ao largo do Bósforo, perto de Istambul, na Turquia, provocou pelo menos 24 mortos, mais de metade dos 40 migrantes clandestinos que levava, anunciaram hoje os meios de comunicação locais.

 

De acordo com informações avançadas pelos media turcos, sete dos passageiros dessa embarcação – que transportava migrantes afegãos e sírios com destino à Roménia – foram resgatados pela guarda costeira turca, enquanto nove continuam desaparecidos.

A direção da guarda costeira local confirmou à agência noticiosa AFP que a embarcação naufragada transportava migrantes clandestinos, mas escusou-se a fornecer mais pormenores, no entanto, os meios de comunicação turcos relatam que cerca de 40 pessoas terão embarcado no sul de Istambul, em Marmara.

O barco navegava no Bósforo, em direção ao mar Negro, mas afundou-se por motivos ainda desconhecidos, ao largo da cidade de Rumeli Fener.

De acordo com as mesmas fontes, encontravam-se a bordo 12 crianças e sete mulheres.

A Turquia é uma rota importante da migração clandestina que liga a Ásia, a África e a Europa.

A guerra civil na Síria provocou um aumento do número de refugiados que tentam entrar na União Europeia através da Turquia, embora a maior parte o faça através do Mediterrâneo e com destino à Grécia.

As ilhas do mar Egeu tornaram-se, em 2013, a rota preferida dos migrantes clandestinos, na sequência do reforço dos controlos nas fronteiras terrestres entre a Grécia e a Turquia.

O número total de migrantes que atravessaram o mar Egeu triplicou entre 2012 e 2013, passando de 3.345 para 10.508. Este ano, 48 migrantes morreram no mar, o que representa quase o dobro dos 28 que marcaram o ano 2013.

Durante os primeiros oito meses deste ano, o número de migrantes clandestinos chegou aos 17 mil, e deverá chegar aos quase 32 mil até ao final do ano, segundo estimativas dos governos locais.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.