Novo partido antinuclear é criado para disputar eleições legislativas no Japão

Novo partido antinuclear é criado para disputar eleições legislativas no Japão

 

Lusa/AO online   Internacional   28 de Nov de 2012, 16:34

Um novo partido antinuclear foi criado esta quarta-feira para encorajar o desenvolvimento das energias renováveis, dois anos após o acidente na central nuclear de Fukushima e duas semanas antes das eleições legislativa no Japão.

O “Partido do Futuro do Japão” é uma iniciativa do autarca da cidade de Shiga (centro-oeste), Yukiko Kada, e reúne várias fações políticas que se opõem à energia nuclear.

O acidente na central nuclear de Fukushima aconteceu em março de 2011, depois de um terramoto e tsunami que atingiu a costa do Japão, que provocou a morte de cerca de 15 mil pessoas.

O novo partido, segundo os seus dirigentes, espera obter muitos assentos no parlamento nas eleições legislativas de 16 de dezembro.

O primeiro-ministro japonês, Yoshihiko Noda, dissolveu a 16 de novembro a câmara dos deputados, convocando eleições legislativas antecipadas para 16 de dezembro.

Desde então, uma série de novos partidos surgiram, mas a maioria deles desapareceu logo depois, formando depois coligações com outras formações políticas, na esperança de recolher votos dos 35 a 40 por cento de eleitores que dizem não se reconhecer nos atuais partidos existentes.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.