Nova equipa do Observatório de Segurança toma posse


 

Lusa/AO On line   Nacional   23 de Fev de 2010, 05:35

Os órgãos sociais do Observatório de Segurança, Criminalidade Organizada e Terrorismo (OSCOT) para o triénio 2010/2012 tomam posse hoje, assumindo a presidência do organismo José Manuel Anes, um dos seus fundadores.

O criminalista José Manuel Anes quer "recuperar a enorme lista de competências" do OSCOT e reforçar intervenções nas áreas da proteção civil e criminalidade organizada.

Para tal, o OSCOT vai lançar, ainda antes do verão, um pequeno manual de proteção civil com conselhos à população sobre sismos, inundações e incêndios, disse à agência Lusa o novo presidente do organismo.

O manual, feito em colaboração com o Ministério da Administração Interna, vai ser distribuído gratuitamente em jornais nacionais, adiantou.

Nos próximos meses e até ao final do ano, o OSCOT vai também realizar um debate sobre segurança privada, um seminário sobre crime organizado nos países da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) e um outro sobre proteção civil.

Segundo José Manuel Anes, seminários sobre terrorismo, criminalidade organizada em Portugal e proliferação de armas estão também previstos para os próximos dois anos.

José Manuel Anes assume a presidência do OSCOT depois de o social-democrata Jorge Bacelar Gouveia ter pedido a demissão do cargo alegando trabalho partidário e de deputado à Assembleia da República.

Especialista em assuntos de terrorismo e diretor da revista Segurança e Defesa, José Manuel Anes é fundador do OSCOT juntamente com Rui Pereira, ministro da Administração Interna e primeiro presidente do organismo.

Na cerimónia de hoje, os dois primeiros presidentes do OSCOT, Rui Pereira e Garcia Leandro, vão ser homenageados "pelo trabalho realizado" no organismo, adiantou José Manuel Anes.

Sublinhou que Jorge Bacelar Gouveia apenas esteve seis meses à frente do OSCOT, mas na cerimónia será destacado o seu trabalho com o organismo através das pós-graduações e mestrados ministrados na Universidade Nova de Lisboa nas áreas de segurança.

Fundado em 2004, os objetivos do OSCOT "centram-se na sensibilização do público, relativamente aos temas de Segurança em geral, na formação de futuros especialistas e na formação complementar de especialistas nestas áreas e na realização de relatórios periódicos sobre Segurança, Criminalidade Organizada e Terrorismo".


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.