New Bedford celebra Portugal no sábado com novo festival

New Bedford celebra Portugal no sábado com novo festival

 

Lusa/AO online   Nacional   6 de Mai de 2016, 12:15

A cidade de New Bedford, nos Estados Unidos, acolhe este sábado o festival "Viva Portugal", que vai encher as ruas da cidade de Massachusetts com a cultura e música do país.

 

"As ruas à volta do [centro cultural] Zeiterion vão ter um palco de música ao vivo, uma tenda com demonstrações culinárias, exposições de arte, performances de rua, carros alegóricos, comida de rua, mesas de café, mostra de um bote baleeiro, venda de artesanato, artigos de decoração portugueses e atividades para crianças", explicou a organização, em comunicado.

Quando o centro cultural Zeiterion decidiu celebrar a herança portuguesa, convidou oito organizações da comunidade, como o Clube Madeirense, a Casa dos Açores da Nova Inglaterra, a Sociedade Príncipe Henrique de New Bedford ou o Centro para Estudos Portuguese da Universidade de Massachusetts em Dartmouth.

"Há muito tempo que admiro o trabalho destes grupos, e sabia que esta era a oportunidade ideal para os juntar a todos e mostrar o melhor da cultura portuguesa", disse a diretora de programação do centro, Rosemary Gill.

A festa contará, por exemplo, com um concerto de fado de Nathalie Pires e Marco Rodrigues e um jantar de angariação de fundos, para beneficiar a escola portuguesa da cidade e o Zeiterion.

Na tenda dedicada à culinária, vão fazer demonstrações os 'chefs' e autores Ana Ortins, Maria Lawton e Joe Rego.

Num dos palcos, vão participar os comediantes "The Portuguese Kids", o pianista "Renato Diz", o grupo "Raizes", o rancho folclórico do Clube Madeirense e vários outros.

Os vendedores de rua vão assegurar as sandes de linguiça, as malassadas, os pastéis de bacalhau, as favas secas e os tremoços.

O mestre João Silveira, do Pico, vai estar junto a um bote baleeiro, cedido pela Sociedade Príncipe Henrique de New Bedford, a mostrar como se constroem estas embarcações.

As ruas estarão decoradas com carros alegóricos e decorações, responsabilidade do Clube Madeirense, que incluem uma réplica do navio Santa Maria, um carro sobre a produção de vinho no arquipélago e a reprodução de uma casa de Santana.

"Imagine as ruas à volta do Zeiterion cheias de pessoas a desfrutar das vistas, sons e sabores de Portugal", descreveu Rosemary Gill, para quem "o evento representa uma colaboração histórica."

"Estes grupos mostraram-nos que luso-americanos de primeira, segunda e terceira geração ainda têm a paixão de iluminar e partilhar a sua cultura. Não podíamos estar mais orgulhosos de ser parceiros de cada um deles", concluiu.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.