Mulher suspeita do homicídio das filhas em Caxias fica em prisão preventiva


 

Lusa/AO Online   Nacional   17 de Fev de 2016, 18:33

A mulher suspeita do homicídio das duas filhas na praia de Caxias, em Oeiras, ficou hoje em prisão preventiva após primeiro interrogatório judicial, determinou o Tribunal de Cascais.

 

A decisão foi lida por um funcionário judicial à porta da instituição.

De acordo com a Polícia Judiciária, a mulher, de 37 anos, é suspeita de dois crimes de homicídio cometidos ao início da noite da passada segunda-feira.

O alerta para o desaparecimento das duas crianças – de 19 meses e de 4 anos - foi dado por uma testemunha que viu uma mulher sair da água, em pânico e em avançado estado de hipotermia, a afirmar que as suas duas filhas estavam dentro de água.

A criança de 19 meses foi resgatada e alvo de tentativa de reanimação, sem sucesso, enquanto a irmã continua desaparecida.

 

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.