Mulher e criança mortos no sul da Turquia por tiros do país vizinho


 

Lusa/AO online   Internacional   8 de Mar de 2016, 16:57

Uma mulher e uma criança foram mortas no sul da Turquia por tiros de artilharia vindos de uma zona da Síria controlada pelo grupo radical Estado Islâmico (EI), provocando uma resposta imediata dos turcos.

Um dos oito ‘rockets’ disparados de território sírio caiu num bairro dos arredores da cidade fronteiriça de Kilis, matando uma mulher de 57 anos e um rapaz de quatro e ferindo duas outras pessoas, indica um balanço divulgado pela agência noticiosa Dogan.

Os disparos terão sido feitos numa zona controlada pelo EI, segundo fontes militares citadas pela Dogan.

O EI não está incluído no cessar-fogo entre o regime de Damasco, o seu aliado russo e os grupos rebeldes, que entrou em vigor a 27 de fevereiro.

Disparos feitos a partir da Síria já atingiram por diversas vezes localidades fronteiriças turcas, fazendo vítimas, desde o início do conflito sírio em 2011.

A 18 de janeiro, um ‘rocket’ disparado de uma zona controlada pelo EI atingiu o recreio de um estabelecimento de ensino, matando uma mulher e ferindo uma estudante.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.