Mostra Regional de Emprego dos Açores quer estimular o empreendedorismo


 

Lusa/AO Online   Regional   27 de Abr de 2016, 13:01

A I Mostra Regional de Emprego e Formação Profissional dos Açores, que se realiza em maio, em Ponta Delgada, ilha de São Miguel, pretende identificar oportunidades de emprego e estimular o empreendedorismo, anunciou hoje a organização.

 

Na conferência de imprensa de apresentação da iniciativa, que vai decorrer de 09 a 12 de maio nas Portas do Mar, a diretora regional do Emprego e Qualificação Profissional, Ilda Baptista, explicou que, “pela primeira vez, se juntam vários quadrantes das áreas” sob a alçada daquela direção numa mostra que terá no mesmo espaço “empresas, escolas profissionais, estudantes e jovens à procura do primeiro emprego”.

Ressalvando que “a mostra não se destina única e exclusivamente aos jovens”, Ilda Baptista adiantou que o objetivo é replicar a iniciativa, na qual são esperadas três mil pessoas, “nas restantes ilhas dos Açores, com as dimensões apropriadas”.

“Juntos criamos um mar de oportunidades” é a designação da mostra, que inclui uma área de exposição, um espaço interativo e um palco destinado à realização de palestras, workshops e animação.

Além de espaços de serviços públicos e da Universidade dos Açores, a iniciativa tem garantida a presença de escolas e de empresas.

O primeiro dia da mostra, a 09 de maio, é dedicado ao emprego, enquanto o segundo é dirigido à formação profissional e o terceiro ao empreendedorismo, estando reservado o último dia do evento para a apresentação de iniciativas relativas à empregabilidade dos jovens e, ainda, um seminário sobre modelos de gestão para o ensino profissional.

Ilda Baptista adiantou que cerca de 20 empresas requereram já espaço para apresentarem as suas ofertas de emprego, informando que existe, também, uma ligação disponível no Facebook para as empresas se associarem e “divulgarem as ofertas de emprego que têm em carteira”.

“O que se pretende é um contacto informal entre empresas e pessoas desempregadas”, adiantou Ilda Baptista, destacando, por outro lado, a importância de as empresas conhecerem a formação que as escolas estão a ministrar e de as escolas conhecerem as áreas empresariais que estão a ser objeto de recrutamento.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.