Mostra de Cinema Sueco Contemporâneo no Teatro Micaelense

Mostra de Cinema Sueco Contemporâneo no Teatro Micaelense

 

Ana Carvalho Melo   Cultura e Social   30 de Jan de 2017, 16:44

Sexta-feira e sábado, o Teatro Micaelense acolhe a Mostra de Cinema Sueco Contemporâneo, uma iniciativa do Consulado Honorário da Suécia em São Miguel, em parceria com o 9500 Cineclube e o Teatro Micaelense.

Há muito tempo que o cinema sueco vem granjeando êxito internacional, em grande parte devido a autores como Ingmar Bergman. Uma nova geração de realizadores está agora a imprimir a sua marca, ganhando prémios e cativando o público, com obras que vão desde curtas-metragens indie, até filmes ao grande estilo de Hollywood. É este cinema que o Consulado Honorário da Suécia em São Miguel pretende dar a conhecer com esta primeira Mostra de Cinema Sueco Contemporâneo.

Na 6ªfeira, dia 3, será exibido “O Centenário Que Fugiu Pela Janela e Desapareceu”, de Felix Herngren, uma comédia, que conta a história de Allan Karlsson. Durante a sua longa existência, Karlsson não só foi testemunha dos eventos mais marcantes do séc. XX, como foi parte integrante de alguns deles. Hoje está num lar de idosos e sente-se inconformado com a vida que lhe foi imposta. No dia em que cumpre o seu 100.º aniversário, resolve escapar da festa que lhe prepararam e desaparecer…

Na sessão de sábado, dia 4, exibe-se “Bergman Invadido”. Realizado por Jane Magnusson e Hynek Pallas, “Bergman Invadido” é um documentário sobre a vida de Ingmar Bergman e sobre os seus filmes mais conhecidos, vistos e analisados pelos maiores atores e realizadores do nosso tempo. O documentário inclui entrevistas francas e engraçadas de Lars Von Trier, Martin Scorsese, Woody Allen, Isabella Rossellini e Michael Haneke.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.