Mau tempo no Continente português corta 25 estradas


 

Lusa/AO On line   Nacional   6 de Mar de 2010, 10:47

Vinte e cinco estradas estão hoje cortadas ao trânsito nos distritos de Setúbal, Leiria, Lisboa e Santarém devido a inundações resultantes da queda de chuvas, segundo a Autoridade Nacional de Protecção Civil (ANPC).

Com 10 vias cortadas, Santarém é o distrito com maior número de estradas vedadas ao trânsito devido a inundações, seguido de Lisboa, com nove, indica a página da Internet da ANPC.

Em Santarém estão cortadas as estradas nacionais 365, entre Pombalinho e Vale Figueira, a que liga Reguengo de Alviela e entre Quinta da Broa e Ponte do Almonda, 114-2, que liga Setil a Reguengo, 3-2, Ponte Reguengo/Valada e 114, Santarém/Ponte D. Luís, além da municipal 1456, Benavente/Reta do Cabo.

O cais de Tancos está submerso, Reguengo de Alviela está isolado e a parte baixa da Vila de Constância está inundada.

As estradas que no distrito de Lisboa ligam Azambuja/Valada, Manique/Alenquer, Vala do Carregado/Castanheira , Torres Vedras/Santa Cruz, Torres Vedras/Gibraltar, Olhalvo/Atalaia e Alenquer/Vermelha também estão cortadas, bem como o nó de Frielas, na A8, e a Ponte de Frielas.

No distrito de Setúbal, a via que liga Figuerinha a Setúbal está cortado devido a deslizamento de terras, além de estarem vedadas por causa de inundações a estrada da zona industrial de Palmela e a que liga Lagoinha a Palmela.

Também em Leiria, estão cortadas as estradas em Bombarral, Paul e Parelhão.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.