Mau tempo na Madeira faz baixar número de turistas


 

lusa/ao on line   Nacional   1 de Mar de 2010, 05:31

O presidente da Agência Portuguesa de Viagens e Turismo (APAVT), João Passos, afirmou hoje que o temporal que assolou a Madeira "afetou muito" o turismo, mas a recuperação imediata que se seguiu à catástrofe "está a ser fantástica".

"É óbvio que o fluxo de turistas na Madeira foi muito afetado pelo temporal, mas a reação imediata que se seguiu à catástrofe tem sido fantástica. A quebra corresponde à constatação de um fato e tudo está a ser feito para ser ultrapassado", disse à agência Lusa o presidente da APAVT.

Uma delegação da direção da APAVT vai hoje visitar a Madeira para apreciar os trabalhos de recuperação que estão a ser realizados na região. Posteriormente, a APAVT irá comunicar aos seus associados em Portugal e aos agentes e operadores turísticos estrangeiros, através das associações congéneres dos principais mercados emissores de turistas, a situação real do setor do turismo na ilha da Madeira.

"As reações que temos recebido indicam-nos que se está a fazer uma recuperação muito acelerada e que a situação pode ser momentânea, uma vez que compete a todos demonstrar que tudo está a ser feito", acrescentou.

João Passos manifestou o sentimento de que o turismo na Madeira vai recuperar, destacando: "Não é apenas uma esperança, é uma certeza".

"Na realidade, o que se passou é um fato e não pode ser negado, mas a rapidez com que se está a recuperar é vista por alguns órgãos de comunicação social estrangeira como um caso de estudo", acrescentou.

Na delegação, além de dois elementos da TAP, vai também um dos vice-presidentes da APAVT, Pedro Costa Ferreira, e o delegado regional do Turismo, João Welsh, que irão encontrar-se na segunda feira com a secretário regional do Turismo e Transportes da Madeira, Conceição Estudante.

A APAVT, durante a reunião, vai dar conta das iniciativas já tomadas para apoiar a retoma das operações turísticas para este destino, bem como falar de outras iniciativas que estão em preparação, concluiu o dirigente associativo do setor.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.