Acidentes

Mar deixa a descoberto pequenos tesouros

Mar deixa a descoberto pequenos tesouros

 

Lusa/AO online   Nacional   3 de Jan de 2010, 14:57

Pequenos tesouros perdidos ao longo de anos por banhistas na Praia da Areia Branca e postos agora a descoberto pelo mar com a retirada de toneladas de areia levaram hoje dezenas de curiosos à praia.

José João Dias perdeu ainda longos minutos na praia a escavar entre as rochas e na areia, na esperança de encontrar objectos perdidos na época balnear e que a areia vai encobrindo ao longo dos anos. “Vim passear à praia e, como vi muita gente aqui, vim ver o que se passava e ainda encontrei umas moedas”, contou. Ao lado Judite Santos afirmou que veio à praia para “apanhar seixos” para o jardim e não tanto motivada pela curiosidade ou pelo interesse de encontrar algo mais valioso. Contudo, relata ter visto “um senhor com dois anéis e algumas moedas”, descobertas entre as rochas. Vários populares relataram ter visto ou ouvido pessoas que descobriram outras peças de valor, como fios, anéis ou alianças, ainda que corroídos pelo mar, como é o caso do proprietário de um dos cafés, António José Matos, que disse que vários clientes que lhe foram mostrando “fios de ouro, uma aliança, anéis e moedas já degradadas”. António José Matos, proprietário de um dos cafés junto ao areal, disse não se recordar de ver a praia sem areia de uma ponta à outra “há dez anos”, uma oportunidade para ter hoje “mais clientes” do que é habitual. Àqueles que costumam ir até à praia de manhã e que estão mais habituados a ir à procura do que o mar pode trazer para terra juntaram-se mais pessoas, movidas pela curiosidade e pelos boatos sobre “pequenos tesouros” descobertos hoje na praia. À curiosidade dos populares junta-se ainda o interesse dos cientistas, como o de Octávio Mateus, paleontólogo no Museu da Lourinhã, que aproveitou uma ida à praia para tomar café para tentar descobrir fósseis, acabando por levar “uns ossinhos” e “troncos de árvore do tempo dos dinossauros”, que passam despercebidos à grande maioria dos populares. “Nunca vi nada assim”, disse, acrescentando que os cerca de 1,5 metros de areia retirados pelo mar, o equivalente a alguns milhares de toneladas de areia, deixaram à mostra rochas do período jurássico, devido às suas características geológicas, e que foram pisadas por dinossauros há 150 milhões de anos.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.