Segurança Social

Mais de um milhão de beneficiários terão que provar rendimentos

Mais de um milhão de beneficiários terão que provar rendimentos

 

Lusa / AO online   Economia   20 de Ago de 2010, 18:30

Mais de um milhão de agregados beneficiários de prestações familiares, Subsídio Social de Desemprego e Rendimento Social de Inserção vão ser chamados a partir da próxima semana pela Segurança Social para fazer prova dos seus rendimentos.
Em entrevista, o secretário de Estado da Segurança Social, Pedro Marques, explicou que nesta reavaliação extraordinária, prevista no diploma de condição de recursos que entrou em vigor a 01 de Agosto, será solicitado ao beneficiário a actualização do agregado familiar, bem como dos respectivos rendimentos e património.

“É um esforço muito grande. Vão ser bem mais de um milhão de famílias que vão ser contactadas e que vão fazer essa prova de rendimentos que é essencial para garantir o esforço de rigor na atribuição das prestações”, disse Pedro Marques.

De acordo com o responsável, para concretizar este “esforço inédito”, os serviços da Segurança Social adoptaram planos de contingência para o atendimento telefónico e presencial, reforço dos sistemas informáticos e formação direccionada para esta iniciativa, que visa introduzir um maior rigor na atribuição de prestações sociais, como o RSI ou o abono de família.

O veículo preferencial para esta chamada será, de acordo com Pedro Marques, o serviço Segurança Social Directa (disponível on-line), onde o prazo para prestar provas acontecerá entre 10 de Setembro e 31 de Dezembro.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.