Mais de 1.500 migrantes foram resgatados no Mar Mediterrâneo


 

Lusa/AO online   Internacional   3 de Dez de 2015, 14:14

Mais de 1500 migrantes foram resgatados esta quinta-feira pela manhã ao largo da Líbia, no Mar Mediterrâneo, anunciaram a Marinha e a Guarda Costeira italianas através da rede social Twitter.

 

Os migrantes, que estavam a bordo de sete embarcações improvisadas, foram resgatados por navios da marinha e da guarda costeira da Itália, mas também por outros navios envolvidos na operação naval europeia “Sophia” e por um barco dos Médicos Sem Fronteiras (MSF).

Outras operações de socorro ainda estavam a decorrer na parte da tarde, disse à agência de notícias francesa AFP um porta-voz da guarda costeira italiana que coordena estas operações, em Roma.

Após uma média de mais de 760 migrantes por dia entre junho e agosto, a média de chegadas em Itália passou a 530 por dia em setembro e 290 em outubro, sofrendo uma nova queda em novembro, com uma centena de migrantes a serem socorridos.

Não havia operações de socorro desde o início da semana passada.

Entretanto, depois de vários dias de mau tempo, as condições meteorológicas melhoraram, explicou a guarda costeira sobre a retoma das travessias no Mediterrâneo.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.