França

Mãe confessou morte de oito recém-nascidos


 

Lusa / AO online   Internacional   29 de Jul de 2010, 18:25

A mãe de oito recém-nascidos encontrados mortos em Villers-au-Tertre, norte de França, confessou a autoria das mortes e explicou que não queria mais filhos, indicou o procurador de Douai.
Dominique Cottrez, que disse aos investigadores que sufocava os bebés à nascença, tinha perfeita noção das suas gravidezes, declarou o procurador Eric Vaillant.

A mulher de 45 anos explicou "que não queria mais filhos e que também não queria ir ao médico para escolher um método contraceptivo", acrescentou o magistrado.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.