Lucro da NOS aumenta 37,3% para 124,1 ME em 2017

Lucro da NOS aumenta 37,3% para 124,1 ME em 2017

 

Lusa/AO online   Economia   12 de Mar de 2018, 09:32

O resultado líquido da NOS aumentou em 2017 37,3%, para 124,1 milhões de euros, em relação ao período homólogo, anunciou esta segunda-feira a operadora de telecomunicações.

Em comunicado enviado hoje à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a NOS adianta que as receitas de exploração subiram 3,1%, para 1.562 milhões de euros, em linha com o aumento das receitas de telecomunicações - de 3,1% - para 1.487 milhões de euros, "motivadas pelo crescimento de 3,7% do número de serviços" prestados, para 9,412 milhões.

Já o resultado antes de impostos, juros, depreciações e amortizações (EBITDA) avançou 4,3% no ano passado para os 580,6 milhões de euros.

No final de 2017, a dívida financeira líquida ascendia a 1.085,5 milhões de euros.

O resultado líquido antes de resultados de empresas associadas e 'joint-ventures' e Interesses não Controlados apresentou um crescimento de 5,6% face a 2016, para 101,3 milhões de euros, adianta a operadora liderada por Miguel Almeida.

No ano passado, o investimento (CAPEX total) atingiu 380,6 milhões de euros.

Em 2017, "as receitas da área de audiovisuais verificaram um ligeiro aumento de 0,3% para 71,8 milhões de euros, enquanto na área de cinema se registou um aumento de 5,1%, para 63,3 milhões de euros, fruto da abertura de novas salas de cinema e do sucesso do formato IMAX", refere a NOS.

"A área de cinemas da NOS apresentou um excelente desempenho para o conjunto do ano, apesar da quebra homóloga verificada no último semestre. No período em análise, o número de bilhetes de cinema vendidos aumentou 3,9% face ao ano anterior, tendo a NOS vendido 9,451 milhões de entradas. O número de salas de cinema aumentou com a abertura de duas novas unidades em Évora e Loulé", explica, em comunicado.

No que respeita aos clientes de televisão por subscrição (paga), registou-se um aumento de 1% para 1,617 milhões e "nos serviços móveis o crescimento verificado atingiu 4,9%, ou seja, 217 mil novos serviços face ao ano anterior, para 4,673 milhões".

Em termos de Internet fixa de banda larga e serviços de voz fixa, as subidas foram de 5,4% e 1,9%, respetivamente, para 1,333 milhões e 1,758 milhões.

"Nos serviços empresariais, a NOS continua a conquistar clientes muito importantes no segmento 'corporate', quer no setor público quer no setor privado", tendo o número de serviços neste segmento atingido 1,459 milhões, ou seja, mais 40,8 mil face a 2016.

Já a cobertura de rede fixa [de nova geração] atingiu, no final de 2017, mais 320,2 mil lares face a 2016. O número de lares com cobertura atinge agora 4,084 milhões face aos 3,764 milhões de 2016, adianta a NOS.

"O excelente desempenho da NOS em 2017, traduzido em ganhos de quota de mercado, é tanto mais importante quanto reflete uma contínua conquista da confiança de cada vez mais famílias e empresas", realça Miguel Almeida, referindo que a operadora "continua focada no desenvolvimento das melhores soluções de comunicação e entretenimento".

Em 2018, "vamos acelerar ainda mais os nossos investimentos em infraestrutura, nomeadamente na modernização das redes de acesso com tecnologias de última geração, prosseguindo o caminho de melhoria contínua da qualidade do serviço que prestamos aos nossos clientes. A NOS tem tido e quer ter um papel ainda mais relevante na transformação digital da sociedade portuguesa e na competitividade das empresas nacionais", conclui o gestor.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.